JORGE PREÁ, UM VARZEANO NATO!

Original, autêntico, típico, esses adjetivos além de serem sinônimos, são classificadores de pessoas ou situações lembradas pela semelhança com o contexto ao qual está sendo referenciado. Justificativa, No primeiro dia dessa semana, domingo, 17 de março de 2019, enquanto a bola não rolava para Corinthians x Oeste pelo paulistão 2019, foi ao ar pelo AM 740 – Rádio Trianon, nossa terceira participação na jornada esportiva da Trianon, o “Momento Varzeano”.

Dessa vez tivemos a honra de contarmos com a presença de um atleta que se encaixa nos adjetivos “Natos”, Jorge Arnaldo Pereira, também conhecido como Jorge Preá, atacante bastante lembrado pela torcida do Palmeiras por marcar um gol importantíssimo no último título paulista da equipe no jogo contra a Porguesa, que tem passagens por Athlético Paranaense, ABC de Natal, Pelotas do Rio Grande do Sul que foi o seu primeiro clube profissional, entre outros clubes, além de ser rememorado pelos seus feitos no futebol profissional, Preá tem uma história ímpar com a várzea paulistana, o atacante e é o que podemos classificar como um Varzeano Nato!




Daqueles que cresceram à beira do campo de terrão, que sente orgulho por ter disputado grandes competições da várzeanas, como a saudosa Copa Kaiser, Jorge Preá, foi descrito pelo congratulado apresentador, Milton Neves, como uma pessoa que ensina lições de vida.

Jorge Preá - Blog do Milton Neves
Jorge Preá – Blog do Milton Neves

A resenha que fala sobre o surgimento de Preá para o mundo do Futebol Profissiobal por volta dos seus 23 anos vindo da várzea, passa pela sua visão sobre o atual momento que o futebol de várzea vive e também sobre a influência que a várzea teve na sua formação como atleta profissional.

Entre opiniões fortes e duras críticas ao que tem sido feito com campos de várzea que são patrimônios culturais da cidade de São Paulo, o atacante rápido e matador, mostrou também seu lado família, falou da importância que teve sua esposa e seus filhos em toda sua trajetória, e chega aos 35 anos, com o mesmo sentimento de quando tinha o sonho de se tornar atleta de futebol profissional, Preá também entrou no mérito da nova fase que está vivendo, vai jogar pelo Arapongas em 2019 e pretende continuar atormentando as defesas adversárias por mais alguns anos.

Fique agora com a resenha na íntegra com Jorge Preá, Um Varzeano Nato!

Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *