5º Copa Martins Neto – Negritude FC 4 x 0 100 Maldade

Na tarde de gelada de domingo, dos 17º graus que incomodaram quem esqueceu seu casaco, na sede do Negritude FC, entre os jogos da Copa Negritude SportAção 2018, aconteceu um duelo válido pela 5º Copa Martins Neto, a partida entre Negritude FC x 100 Maldade começou por volta das 16 horas, logo após o jogo entre Bento Gonçalves 1 x 1 X do Morro.

O duelo válido pelo grupo D da Zona Leste, foi a terceira partida do 100 Maldade que havia sido derrotado nos dois duelos anteriores e precisava de uma boa vitória para sair do último lugar da classificação, enquanto o Negritude havia feito apenas uma partida e estava em busca da sua primeira vitória na Copa.



Com a bola rolando, tanto o 100 Maldade quanto o Negritude buscaram o gol desde o primeiro minuto de jogo, um lance aos 9 minutos de jogo mudou o cenário do jogo, em um ataque do Negritude, o defensor do 100 Maldade cometeu uma falta clara dentro da área e o juiz assinalou a penalidade, a cobrança foi realizada com sucesso e logo após a cobrança o juiz expulsou um dos jogadores de defesa do 100 Maldade, a expulsão gerou muita reclamação por parte da comissão técnica e interferiu diretamente no resultado do jogo.

A partir da expulsão o 100 Maldade passou a concentrar seus esforços no setor defensivo e o Negritude pode criar muitas oportunidades de gol, aos poucos o ataque do Negritude conseguia envolver a defesa do time de São Matheus e os gols foram saindo com naturalidade, o resultado do primeiro tempo foi 3 a 0 para o time de Arthur Alvim, fora as chances de gol que foram desperdiçadas.




No segundo tempo o Negritude diminuiu a intensidade de ataque e o 100 Maldade chegou até a criar chances de gol, um destaque para uma linda jogada onde o atacante do 100 Maldade deu dois chapeús nos defensores do Negritude e por pouco não marcou um gol antológico, próximo do fim da partida o Negritude marcou o quarto gol da partida e sacramentou sua primeira vitória na competição. Dois jogadores do Negritude devem ser destacados na partida, o atacante Eder que participou diretamente da maioria dos lances ofensivos e o camisa 9, Renan, este demonstrou um grande faro de gol e com certeza deve ser lembrado pela sua importancia na vitória do time de Arthur Alvim, para o 100 Maldade ficou a sensação de que se não tivesse ocorrido a expulsão, provavelmente o jogo teria uma história de mais disputa, o time de São Matheus tem bons jogadores, a boa troca de passes e o entrosamento que demonstraram, deixaram a impressão de que se o time começou mal a copa, ainda pode melhorar, pois tem bons jogadores nesse grupo.

Veja agora os melhores momentos!


Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *