Um pouco sobre o futebol dos “terrões” espalhados pelo Brasil

Não se sabe ao certo em que momento surgiu o futebol de várzea “oficialmente”, o início dessa modalidade esportiva é bastante discutível tendo em vista que trata-se de um esporte amador e de pouca repercussão no nosso país. A várzea é onde o futebol acontece de forma simples, porém com amor e dedicação de todos os envolvidos. O futebol resiste na várzea como todo brasileiro que está sempre se reinventando.

O futebol na várzea passou por grandes momentos em sua história, como no dia em que a final de um campeonato foi decidida no estádio Paulo Machado de Carvalho – o Pacaembu. Atualmente a realidade a realidade é outra, pois com o advento da tecnologia e o alto custo para se manter os times dentro dos padrões atuais, nos últimos anos muitas agremiações deixaram de existir e o esporte perdeu um pouco da sua notoriedade.

Os times da várzea eram formados a partir da reunião de amigos, admiradores de futebol que torciam para seus clubes de coração, mas que gostariam de ter a oportunidade de jogar em um time de futebol de forma competitiva.




O clube mais antigo da várzea paulistana, a Associação Atlética e Recreativa Nacional que fica localizado no bairro do bom retiro, simboliza bem esse retrato, pois resiste duramente ao tempo e completou 104 anos em 2017.

O futebol de várzea se mantém firme e forte e se tornou uma grande distração principalmente para os moradores das periferias, pois com a elitização do futebol brasileiro, assistir a uma partida do seu time de coração, se tornou uma tarefa de alto custo e pouco recorrente, pois em alguns casos a pessoa precisa escolher entre pagar uma despesa da casa ou ir a um “espetáculo” de futebol.

A várzea vive, é forte e estamos aqui para poder mostrar e discutir com todas as gerações sobre essa maneira de viver o futebol.




Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *