Preto e Branco 4 x 2 Grêmio Helian | A várzea

A 36º Copa Master Arthur Alvim chegou a sua quinta rodada e no último domingo, dia 15 de Maio, tivemos o que pode ser visto como a essência do futebol de várzea. Todos os três jogos foram grandes disputas, com muita raça em campo e um clima de briga pela classificação para a próxima fase da copa, quem estava nas dependências do campo do Alvim e assistiu aos três jogos, voltou para casa com lembranças que ficarão marcadas na memória, um gol de falta de goleiro, a lá Rogério Ceni, um gol de cobertura que como disse um dos jogadores, vale o Puskas da várzea, e muitos outros lances inesquecíveis.

O segundo jogo dia foi válido pelo grupo F da copa, a partida marcava a segunda e última partida do time Preto e Branco pela primeira fase da copa, o time do Jardim Coimbra havia empatado o clássico contra o Santos do A.E Carvalho na primeira rodada da competição, o Grêmio Helian por sua vez, fazia sua estréia na competição e precisava de um bom resultado para ter mais tranquilidade na sua última partida pela primeira fase, que será contra o Santos do A.C Carvalho.

A partida que iniciou as 11:37 da manhã, sob uma chuva fina porém com o campo bastante molhado devido a garoa que ocorreu no jogo anterior. Com a bola rolando, desde o início as equipes demonstraram muita raça e vontade de vencer, o time do Grêmio apostava nas jogadas de profundidade e nos cruzamentos, enquanto o Preto e Branco criava chances de ataque apostando na troca de passes e na velocidade da transição das jogadas, com 13 minutos numa cobrança de falta magistral do camisa 8, Anderson, a bola encontrou o ângulo esquerdo do goleiro, Cesar e o Preto e Branco inaugurou o placar da partida.

Aos 20 minutos num lance de contra-ataque o camisa 20 do Preto e Branco, Saymon, venceu a defesa do Grêmio Helian na disputa pela bola, saiu frente-a-frente com o goleiro, Cesar Gomes, tirou o arqueiro da jogada e anotou o segundo gol do seu time, 2 a 0 Preto e Branco sobre o Grêmio Helian. 

A vantagem no placar que poderia dar uma tranquilidade para o Preto e Branco, não durou por muito tempo, aos 33 minutos, o camisa 9, Fabio, do Grêmio Helian, marcou o primeiro gol do seu time, após uma sobra de bola na área, no lance ele teve que driblar o goleiro para ter espaço para a conclusão em gol. 

No segundo tempo aos 13 minutos, em outro lance de bola parada, o Preto e Branco novamente abriu uma vantagem de dois gols no placar, no lance o camisa 3, Edson, tinha tudo para bater um cruzamento para área, no entanto ele surpreendeu a todos na jogada e marcou um belo gol.

Aos 17 minutos o Grêmio Helian quase diminui a diferença no placar, após uma boa cobrança de falta do camisa 17, Ildomar, na jogada o goleiro, Carlos Eduardo, estava atento ao lance e fez uma belíssima defesa.





O Grêmio Helian continuou sua busca pelo seu segundo gol, até que aos 27 minutos, numa sobra de bola na área do Preto e Branco, o camisa 18, Carlos, mostrou seu oportunismo e marcou o segundo gol do Grêmio na partida, 3 a 2 no placar e novamente a diferença caiu para apenas um gol. O placar de 3 para o Preto e Branco e 2 para o Grêmio Helian, durou apenas 3 minutos, pois, com 30 minutos o camisa 5 do Helian, Luiz José, cometeu um pênalti no camisa 9 do Preto e Branco, a cobrança da penalidade foi executada pelo camisa 11, José, que com um chute no canto direito do goleiro Cesar, colocou 4 a 2 no placar e definiu a vitória do time do Jardim Coimbra.

Com o resultado o Preto e Branco definiu sua classificação no grupo pois é líder com 4 pontos, enquanto o Grêmio Hêlian, fara a partida derradeira contra o Santos do A.E Carvalho e somente com uma vitória conseguirá se classificar.

Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *