Copa Negritude SportAção 2018 – Sangue no Olho 2 x 2 Locomotiva

Começou a Copa Negritude SportAção 2018, a 19º edição dessa competição que é uma das mais tradicionais da várzea paulistana, é o único torneio que reúne 5 diferentes categorias, do sub-13 ao 50tão, a competição passa de 160 agremiações inscritas, teve no jogo entre Sangue no Olho x Locomotiva, a abertura do torneio.

A equipe do site avarzea.com.br teve o prazer de conhecer Roberta Pereira da Silva, blogueira do site http://abolaquepariu.com.br que reúne mulheres para escrever sobre futebol e seus clubes de coração, Roberta é Santista fánatica, daquelas que acompanham o dia-a-dia do alvinegro praiano e sempre que pode sobe a serra para ver seu time em campo, formada em serviço social ela é mais uma entusiasta do futebol de várzea jogado nos campos espalhados pelo Brasil e assim como nós acredita no poder de transformação que o futebol exerce sobre a vida do brasileiro. Roberta que escreve sobre temas gerais relacionados ao futebol e sobre seu time de coração, nos deu a honra de analisar como foi o jogo de abertura da Copa Negritude SportAção 2018. Fique agora os melhores lances e a análise da partida entre Sangue no Olho x Locomotiva.

Na minha casa todo mundo é bamba todo mundo bebe todo mundo samba….

Bola rolando na tarde de sábado, não você não vai sintonizar em nenhum canal aberto ou pago, para desfrutar da partida, terá que sair do sofá e se dirigir ao campo do Negritude Futebol Clube. Sim minhas caras amigas (os) ontem deu início a 19º Copa Negritude que reúnetimes de várias categorias e de diversas regiões da capital de São Paulo e zona metropolitana.

A partida pela categoria esporte foi entre Sangue no Olho x Locomotiva, o entorno do campo estava tomado e parte da arquibancada ocupada, os fogos estavam presentes, e as equipes prontas para a disputa. No primeiro tempo o Sangue no Olho como suas meias vermelhas, apresentava boa movimentação, taticamente bem postado e foram eles que abriram o placar.

Já o Lcomotiva teve uma baixa importante logo no início, o camisa 10 caiu apoiando-se na mão e após receber o atendimento médico, ainda jogou uns minutos mas não deu pra ele, uma perda importante para o espetáculo, porque pelo toque de bola e o posicionamento o garoto se mostrava bem habilidoso.

O juiz teve trabalho sendo muito pressionado durante os dois tempos.

Mesmo com o zagueiro “pistola” do Locomotiva que apresentava uma dramaticidade mexicana singular, sempre bem posicionado o Sangue converteu mais um. Segundo os comentaristas presentes o gol estaria impedido. Em tempos de VAR sou mais a pressão sob o juiz a comemoração do time favorecido e o inconformismo dos jogadores do que uma tela fria que define quem estava certo. O futebol ainda é o jogo mais popular do mundo pelo improvável, pela capacidade e não sabermos o que vai acontecer nos próximos minutos. E afinal levante a mão quem nunca foi favorecido por um erro de arbitragem???



E por falar em improvável no segundo tempo o Locomotiva (re) abasteceu os motores com algumas substituições, a Copa permite 7 substituições. E olha surgiu um novo time, com dribles e chapéus, e maior ofensividade. A torcida um pouco tímida no primeiro tento, animou-se e torcia em êxtase, principalmente após o primeiro gol de chapel. E com a força das rodas de ferro e sobre os trilhos da grama sintética, o Locomotiva chegou ao empate. A empolgação do banco foi tanta que teve até comissão técnica expulsa de campo. É certo que precisamos muito nos dissociar das transmissões oficiais, temos que treinar nossos olhos para uma partida diferente dos futebol moderno, por vezes me pegava achando que o lateral ia dar um pique e alcançar a bola, não ele não vai, e não deve ir, não estamos falando de esporte de alto rendimento, estamos falando de várzea de jogo pegado mais cadenciado, estamos falando de festa, estamos falando de amador no sentido amar o que faz, estamos falando de “Bilus e Jagunços” os jogadores mais cobrados em campo. Portanto que venha os próximos jogos, e que continuemos no mais estilo bamba porque na Várzea todo mundo joga, todo mundo bebe e todo mundo VIVE!

Melhores momentos da partida:





Para conhecer outros textos de Roberta, clique aqui.



Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *