Botafogo (cidade líder) 2 X 3 Último Gole | A várzea

A análise de jogo traz dessa vez a primeira partida do grupo G da 36º Copa Master Arthur Alvim, o jogo entre o Botafogo da Cidade Líder x Último Gole, a partida cheia de viradas no placar, foi intensa do início ao fim.

Botafogo da cidade Líder
  • 1º Tempo

A partida teve inicio com alguns minutos de atraso e em baixo de um sol de 28º graus. As equipes que estavam estreando na 36º Copa Master Arthur Alvim, começaram a partida num ritmo forte, nos 10 primeiros minutos, os times mostraram muita velocidade e força na marcação, as equipes trocavam passes procurando espaços mas esbarram na defesa adversária. A insistência na troca de passes, surtiu efeito aos 12 minutos para o Último Gole, a jogada bem trabalhada terminou com uma cabeceada certeira do camisa 13 Luiz Carlos após o cruzamento do camisa 06 Carlos de Souza.

Com o gol marcado, o time do Último Gole poderia ter ficado atrás, mas não foi essa a estratégia, a equipe continuou buscando chegar a meta do goleiro Alexandre, numa cobrança de falta aos 17 minutos, o arqueiro do time da cidade Líder, teve que realizar uma boa defesa após uma cobrança de falta.

O Botafogo conseguia aos poucos criar chances contra o último gole, mas as oportunidades não levavam muito perigo para o goleiro Lourivaldo, porém, próximo do fim do primeiro tempo, aos 33 minutos, um chute rasteiro do camisa 09 Robson, no canto direito do goleiro, igualou o placar para o time da cidade Líder. A igualdade no placar permaneceu até os últimos minutos e o juiz encerrou o primeiro tempo da partida.




Útimo Gole
  • 2º Tempo

As equipes voltaram a campo e logo de cara, aos 4 minutos, após um lance de contra-ataque, o camisa 11 Canela mandou um chute cruzado que o goleiro não conseguiu defender e colocou seu time a frente do placar.

Com o segundo gol, o Botafogo poderia ter tomado o controle da partida, porém num lance de azar do camisa 4 João, o time do Último Gole empatou a partida, o zagueiro tentou tirar a bola após um cruzamento, mas a bola resvalou em seu pé e morreu e enganou o goleiro do seu time, 2 x 2 no placar e o jogo estava aberto para os dois times.

O jogo seguiu com ambas equipes buscando a vitória, com 11 minutos após roubar a bola do adversário, o camisa 8 Rogério Batista, tabelou com o camisa 13 Luiz Carlos e com um chute cruzado, colocou o Último Gole à frente do placar.


A desvantagem no placar, fez com que o Botafogo se lançasse ao ataque, o time criou algumas oportunidades de gol, mas dessa vez entrou em cena o goleiro Lourivaldo do Último Gole, o arqueiro fez boas defesas que garantiram a vantagem do seu time no placar, num lance aos 20 minutos, um chute de fora da área do camisa 5 Willian, parou numa boa defesa do goleiro.

A busca pelo empate ficou mais difícil para o time da cidade Líder, quando seu goleiro fora expulso num lance aos 25 minutos, o bom goleiro do Botafogo, Alexandre, teve que sair da área para tentar defender uma bola, após um atacante do Último Gole surgir livre para marcar o quarto gol, a jogada terminou com a sua expulsão e deixou o time do Botafogo com um a menos.

Mesmo com um a menos em campo, o Botafogo conseguia trocar passes e avançava ao campo de ataque, mas quando chegava próximo do gol do Último Gole, o ataque parava na defesa adversária e dava chances de contra-ataque, os lances levavam perigo mas não foram convertidos em gol. A partida então se manteve com o placar de 3 para o Último Gole e 2 para o Botafogo da cidade Líder.

*Os nomes dos atletas estão associados as súmulas das partidas.




Roger Marques

Redator do site www.avarzea.com.br e colunista do site www.spfc24horas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *